ENSAIO SOBRE A PANDEMÊNCIA – por Luis Castiel

A Nau dos Loucos – H. Bosch / Museu do Louvre

Escrito no calor dos fatos! A partir da quarentena obrigatória, o Prof. Luis David Castiel¹ nos apresenta suas reflexões sobre  esse “pandemônio sanitário em vários aspectos que se desdobram inapelavelmente em efeitos políticos, econômicos e sociais de cada nação deste mundo”.

De suas reflexões, com sua verve crítica, nada escapa. Atento aos vieses e com seu olhar quase irônico sobre as afirmações categóricas, Castiel parece estar limpando em seu retiro, nessas setenta páginas, todo o noticiário científico ou não que nos chega dessa pandemia. Um texto fundamental. (LVS)

Abstract“Este ensaio faz uma reflexão ético-filosófica sobre os efeitos das contingências emergenciais da pandemia de COVID-19. Ele procura compreender, atribuir significados e criticar enunciados de meios de comunicação acadêmicos e leigos diante de eventos da pandemia de COVID-19, especialmente no Brasil. Vivemos momentos especialmente dramáticos em função da sinergia da grave doença que acomete o país e o planeta e de um governo que se destaca por sua gigantesca incapacidade de lidar com a calamidade. No momento desta escritura estamos na segunda quinzena de abril de 2020 – ano para não mais se esquecer. Neste instante, somos atropelados por fatos que não cessam de nos assombrar cotidianamente. Vive-se cada dia sob o terrível império desta pandemia. Assim sendo, este texto se caracteriza por ser elaborado em meio ao desolamento social provocado pelos esforços de controle e atenção à saúde dos afetados, apesar do patético quadro político, sobretudo no que se refere ao complexo contexto político atual e das profundas dificuldades econômicas do país.”

Arquivo: ENSAIO SOBRE A PANDEMÊNCIA

1- Médico sanitarista, Doutor em saúde pública pela ENSP- FIOCRUZ, pós-doutorado pela Universidade de Alicante, Espanha 

One Reply to “ENSAIO SOBRE A PANDEMÊNCIA – por Luis Castiel”

  1. Pingback: Crônica de dez mil mortes anunciadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *